O Jardim Secreto, Frances Hodgson Burnett

Essa foi a imagem maior que encontrei da capa da minha edição. Como não tenho scanner...

 

Somente quando entrei em contato com este livro, descobri que A Princesinha é outro título desta mesma autora, Frances Hodgson Burnett. Não que eu tenha lido o livro, mas assisti ao filme e achava semelhante a adaptação para o cinema de O Jardim Secreto. Enfim, espero que algum dia outros livros desta autora caiam em minhas mãos.

O Jardim Secreto narra a história de Mary Lennox, uma garotinha indiana que fica órfã e é obrigada a ir morar na Inglaterra com seu único parente vivo, o tio Archibald Craven, um homem misterioso que passa a maior parte do tempo viajando. Praticamente sozinha, numa mansão de 100 quartos, Mary põe-se a explorar o ambiente como criança curiosa que é. E acaba descobrindo uma série de segredos sobre a família e a casa.

A tradução da edição que li é da Ana Maria Machado, escritora reconhecida por seus livros infantis e que tentou trazer para o português certas particularidades do original, como o sotaque carregado de Yorkshire de Marta e Dickon, deixando a edição brasileira divertida de ler.

O Jardim Secreto é um livro sobretudo romântico pela sua exaltação da natureza. Talvez essa seja a grande lição de moral da história. Muito antes de se discutir questões ecológicas, Burnett já apresentava uma obra em que a natureza era importante e que devia ser tratada com carinho e respeito. Dickon é o maior símbolo dessa preocupação e é também meu personagem preferido pela sua meiguice, bondade e pureza. Contrastando com Mary e Colin Craven, as outras duas crianças da história, que são mimadas e egoístas, Dickon é o extremo oposto: teve o carinho e a atenção da mãe e, desde pequeno, mesmo tendo pouco, habituou-se a dividir tudo com seus outros inúmeros irmãos, o que o torna generoso e complacente em relação aos dois amigos.

Os aspectos que achei negativos no livro se mostram, primeiro, através de certo verniz preconceituoso com as colônias inglesas. É na Inglaterra que Mary torna-se uma criança saudável e “mais simpática”, pois o clima indiano não permitia. E segundo, o final. Não sou de me ater muito a desfechos de livros, mas achei este muito singular: início e decorrer da narrativa são desenvolvidos sob o ponto de vista de Mary Lennox, mas o final parece ignorar a menina, considerando apenas o que se sucede entre Archibald e Colin. Nesse ponto, acho que o filme de Agnieszka Holland deu um passo adiante em relação a livro, pois a diretora insere Mary Lennox no desfecho e sem sair daquilo que caracteriza a personagem.

Enfim, mas não me arrependo de ter comprado. É um clássico da literatura infantil. E clássico é clássico. E o melhor de O Jardim Secreto é a delícia da leitura e o desejo que desperta de se ir em busca do contato com a natureza.

About these ads

13 ideias sobre “O Jardim Secreto, Frances Hodgson Burnett

  1. Ademar Júnior

    Querida não sabes o quanto eu tenho vontade de ler esse livro.

    Eu lembro que quando eu era criança era apaixonado pelo filme O Jardim Secreto, logo quando me tornei adolescente e comecei a gostar mais de ler é que soube que tinha livro, desde então tenho vontade de ler.
    A história possui uma meiguice tanta que me lembra bastante as histórias de Roald Dahl, diga-se por Matilda e A Fantástica Fábrica de Chocolate, que foram os que eu li.

    Sobre sua resenha não tenho o que comentar, perfeita, não é a toa que você é minha jornalista favorita.

    Tenho que comprar este!

    Beijos!

    Resposta
      1. Ademar Júnior

        Hahahaha,

        Pois vou ai depois de novo, dai pego emprestado.
        Acho que irei visitá-la periodicamente aos fins de semana, se me permitir.
        Sempre quis ler ele!

  2. karoline

    Este foi um dos livros que me encantei muito pela capa, mas quando eu o li viajei e através deste livro seu o que é leitura.
    Passei a amar a natureza mas ainda e o desfeixo dessa historia é encantadora.
    A comunicação é essencial para mim hoje por causa deste livro.você também acha?

    Resposta
  3. karoline

    Há comprei ele sim, na livraria Saraiva foi lá e so tinha dois do Jardim secreto, um da princesinha,e dois do pequeno lorde.Pensei mesmo que estes livros tenham poucos é sinal que a leitura está sendo mas requisitada ne. bjão amei ler sua explicação e opinião ta adorei ter encontrado este site. ANA KAROLINE DE FORTALEZA CEARÁ

    Resposta
  4. karoline

    EM MINHA ESCOLA IREI APRESENTAR O LIVRO O SECRET GARDEN O JARDIM SECRETO E FALAR AS OBRAS ESCRITAS POR FRANCES HODGSON BRUNETT E UM POUCO DE SUA TRAJETÓRIA AQUI NESTA TERRA, ESTOU ME ENCANTANDO CADA VEZ MAS COM TUDO O QUE LEI E PROCURO, NUNCA É TARDE PARA SONHAR TENHO 19 ANOS E TERMINAREI O TERCEIRO ANO ESTE ANO SE DEUS QUISER E EU TAMBÉM… ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL MEDIO ENOE BRANDÃO SANFORD,ESCOLA PUBLICA DE MARACANAÚ

    Resposta
  5. Ariadne Lopes Nascimento

    Eu estou lemdo o livro o jardim secreto e estou amando o livro.
    Eu sou Ariadne tenho 10 anos de idade e gosto muito de ler e porisso estou procurando a continuação do livro!!!!!!!!!!!!!!

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s